Com foco em gestão estratégica de TI, Diferenciall completa 15 anos de existência

CEO da Diferenciall, Alexandre Pinto conta a história da empresa, dificuldades e conquistas e dá orientações para empresas que buscam ampliar a competitividade

Localizada na capital fluminense e especialista em gestão empresarial a de tecnologia da informação (TI), a Diferenciall Tecnologia & Consultoria completou 15 anos oficialmente no próximo dia 12 de março de 2022. A organização está de olho no futuro, e para isso foca na gestão estratégica de tecnologia da informação como diferencial competitivo. Alexandre Pinto, sócio-fundador e CEO da empresa conta a seguir como a Diferenciall cresceu em meio a algumas crises econômicas, na pandemia e também como permanece otimista para o crescimento em 2022.

O início da Diferenciall

Com formação em Administração de Empresas e especializações em Sistemas de Informação pela Universidade Federal Fluminense, Marketing pela FGV e Gestão de Negócios pela Ohio University, Alexandre Pinto desde cedo aliou conhecimentos para se destacar como profissional. Logo aos 14 anos começou a jornada profissional, com bastante aprendizado e crescimento na área industrial. Em seguida, sua experiência foi na área de serviços, em um grande escritório de advocacia, onde fazia parte da área de informática e administração. Ele lembra que, já à época, percebia a importância estratégica da área de TI (Informática naquela época) para o negócio. “A TI pode ser muito mais do que uma ferramenta para a evolução de um negócio. E para isso ser bem-feito, tem que haver uma entrega consultiva, que foque no planejamento estratégico e na gestão da tecnologia de informação”, explica.

Um dia. Este foi o tempo que bastou para a Diferenciall conquistar o primeiro cliente. “Era um grande incentivo fechar com o primeiro cliente apenas 1 dia após decidir abrir a empresa. Uma amiga, num papo informal na academia que eu frequentava, comentou que estava precisando de uma empresa de TI na empresa que ela trabalhava e então fechamos o primeiro contrato. Para se ter uma ideia, nem tínhamos o CNPJ ainda”, recorda o CEO.

Na sequência, a empresa seguiu conquistando novos clientes, mas ainda não possuía uma estrutura básica de negócio e, no início, sequer possuía uma sala para receber os seus clientes. “As pessoas precisam de uma estrutura mínima de recursos. Há necessidades básicas que precisam ser supridas. Quando se monta um negócio é preciso entender por quanto tempo você consegue sobreviver. E quando o negócio não engrena com velocidade, não se tem tranquilidade e os problemas vão acumulando”.

Alexandre lembra que o segundo cliente da empresa foi um escritório de contabilidade. “Por meio de uma permuta, nos cederam uma mesa para trabalharmos. Após um tempo, esses mesmos clientes forneceram uma sala inteira e assim fomos conquistando melhores clientes, 1 por vez”.

Para o CEO da Diferenciall, neste início, tudo que entrava era reinvestido na empresa. “Fiquei 1 ano sem remuneração nenhuma… as reservas que eu tinha, ia investindo na empresa. Estava muito confiante, pois desde criança eu sabia que ia ser empresário, desde o ensino fundamental, na 5ª ou 6ª série, na aula de técnicas comerciais. Ali já aprendi a preencher cheque e ver como uma empresa funcionava, desde vender a negociar”.

Àqueles que desejam abrir um negócio próprio, Alexandre enfatiza que essas conquistas são importantes, mas os primeiros clientes nem sempre serão os que permanecerão durante a jornada da nova empresa. “Uma coisa que sempre conto para quem está querendo montar negócio é que haverá muitas promessas. Tinham muitas empresas que compraram minha ideia, me incentivaram e que diziam que trabalhariam com a gente, mas nenhum deles fechou. Foi um baque!”.

Reestruturação e gestão empresarial

Reestruturação e gestão empresarial

Com o passar dos anos, a Diferenciall conquistou outros clientes e deu um salto, sobretudo a partir de 2011. Alexandre decidiu realizar uma grande reestruturação na empresa, focando em projetos de gestão empresarial. Pouco depois, começou a contratar outras pessoas para reforçar o time da Diferenciall, ganhando potência após a crise econômica de 2008.

O crescimento, entretanto, se deu de forma orgânica e a passos muito calculados. “O dono de um negócio precisa entender que é ele o responsável pela captação da receita e pela saída de dinheiro, os gastos. Esse negócio de garantia não existe quando se é empresário. Atualmente, a saúde financeira da Diferenciall se destaca, pois, com muita austeridade, evitamos desperdícios – princípio básico para todo empresário”, complementa Alexandre.

Enfrentamos algumas crises ao longo da nossa jornada, tivemos eleição e impeachment da Dilma, governo Temer, mas o início da pandemia da Covid-19 foi o que mais preocupou o empresário: “O ano de 2020 foi o pior, por causa da pandemia, uma situação nunca vista por essa geração. Todos foram para casa, eu tinha acabado de queimar reservas para comprar nosso escritório. Foi 1 ano inteiro em que tive medo”, explica Alexandre.

Para o sócio-fundador da Diferenciall, a empresa tem potencial para crescer ainda mais. O próximo passo é, com consistência e planejamento, dar continuidade ao que foi traçado.

Contratação em TI: uma área estratégica

Desde o início da empresa, é lembrado que a gestão da Tecnologia da Informação possui viés de administração. “Minha proposta sempre foi de utilizar “gestão” como base, justamente por entender como administrador, sendo que na maioria das vezes os empresários não veem a parte de tecnologia da informação como estratégia. A TI vem há muitos anos oferecendo para nós possibilidades de evolução, de recursos, de ferramentas. Desde o primeiro dia de sua fundação, a Diferenciall trouxe soluções de TI como forma de empoderar as empresas, de torná-las mais competitivas, onde o sucesso do nosso cliente é o nosso sucesso. O propósito sempre foi este”, ressalta.

Para conseguir trazer o olhar para a TI estratégica, e não apenas de infraestrutura, a Diferenciall entende que há um tripé: pessoas, processos e tecnologia. “A parte de pessoas, considero uma das mais importantes, e é a prioridade do nosso trabalho”, diz Alexandre.

Novos passos da Diferenciall

De olho no futuro, Alexandre Pinto já vem fortalecendo a Diferenciall em novas áreas, alcançando novos patamares com a credibilidade conquistada. “Eu já vinha analisando alternativas para ampliação das nossas áreas, elevar o nível de serviços com soluções ainda mais completas. Com a entrada em vigor da LGPD vimos uma grande oportunidade de colocar em prática a união das áreas de gestão empresarial e de TI, pois para adequar uma empresa esses são dois pilares fundamentais.

Então investimos na oferta de serviços para cibersegurança, onde podemos oferecer recursos mais avançados. Preparar as empresas para estar em conformidade com a ISO 27.000 é um dos serviços que a gente vai ofertar para os clientes, visto que é um dos caminhos para estar adequado à LGPD. Elevar o nível de segurança da informação significa fortalecer as demais áreas que a gente atua”, revela.

Novos passos da Diferenciall

Outra novidade é o retorno de um grande parceiro como sócio da Diferenciall: Salomão Oliveira. Salomão é professor de Segurança da Informação e Privacidade e possui ampla experiência em projetos de Gerenciamento de Riscos em TI, implantação de áreas de Segurança da Informação e Governança de TI. Salomão chega trazendo maior estrutura à área de Governança, Risco e Compliance (GRC), que marca uma nova fase ainda mais estratégica da Diferenciall.

A maturidade empresarial, as decisões assertivas e os percalços, tudo colaborou para que a Diferenciall se tornasse a empresa que é hoje: gestão empresarial e tecnologia da informação aplicadas em conjunto para trazer soluções personalizadas aos clientes.

Com 15 anos de mercado, a Diferenciall Tecnologia e Consultoria possui mais de 130 clientes, 450 contratos e cerca de 95% de retenção de clientes. “A essência da Diferencial permaneceu a mesma, só que agora mais madura. A essência do Alexandre como empresário e pessoal não mudou e talvez seja isso que me dê a confiança para continuar crescendo. Tenho certeza que trabalhando duro e honestamente, uma hora, o mercado verá”, finaliza Alexandre.

Av. Rio Branco, 181 – 18º andar / parte – Centro - Rio de Janeiro - CEP 20040-007